João Ferro Martins inaugura exposição no Círculo de Artes Plásticas de Coimbra

O Círculo de Artes Plásticas de Coimbra inaugura exposição do artista João Ferro Martins, que conecta palavras ligadas à música a ciclos e rotinas.

O Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC) inaugura no próximo dia 16 de fevereiro, sábado, pelas 17 horas, a exposição Fermata, de João Ferro Martins. A exposição estará patente no Círculo Sede, localizado na Rua Castro Matoso, n.º 18, e pode ser visitada até ao dia 27 de abril, de terça-feira a sábado, das 14h00 às 18h00. A entrada é livre.

João Ferro Martins nasceu em 1979, em Santarém, e atualmente, vive e trabalha em Lisboa. Licenciado em Artes Plásticas na ESAD das Caldas da Rainhas, o seu trabalho centra-se na composição tridimensional e em questões relacionadas com a pintura e a música. Desenvolve ainda ações que envolvem teatro, performance e fotografia. Desde 2013, produz temas sonoros e originais para teatro e filme.

Para a exposição que vai inaugurar no CAPC, João Ferro Martins foi buscar o nome «Fermata» ao italiano parada que é um termo que se «refere à suspensão na notação musical». As obras expostas, criadas em 2019, resultam de «conceitos como pausa, espera, respiração, silêncio e invariabilidade». De acordo com o artista, o cruzar de palavras ligadas à música e os conceitos de ciclo e rotina, quando aplicados ao quotidiano, podem ser questionados nesta exposição de «objetos disfuncionais» ou cuja função foi «deslocada».

No Círculo da Sereia, no piso -1 da Casa Municipal da Cultura, é possível também ver até ao dia 23 de março a exposição A shot in the eye – uma crónica da tentativa do artista Eduard Arbós (Barcelona, 1959) «não perder definitivamente o olho direito» —, e que pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 14h00 às 18h00.

COIMBRAEXPLOREComentário