Voltar para Todos os Eventos

M. COM MARIA JOÃO

  • Convento São Francisco Avenida da Guarda Inglesa Coimbra, Coimbra, 3040 Portugal (mapa)

M. COM MARIA JOÃO | MÚSICA

DATA: 8 de setembro

LOCAL: Convento São Francisco

PROMOTOR

Câmara Municipal de Coimbra

BREVE INTRODUÇÃO

Ciclo M.[ponto]

SINOPSE

AGORA MUDA TUDO
Maria João
Nuno Côrte-Real & José Luís Peixoto
Ensemble Darcos

Mais do que um cruzamento entre distintas áreas artísticas e estilísticas, este projeto é um encontro entre autores portugueses que, a partir da sua contemporaneidade individual contribuem para a construção de uma identidade lusófona.

queremos celebrar o futuro, o que virá. Pois, se a identidade é a nossa maior riqueza, como não fazer tudo para a manter e projetá-la no futuro?


AGORA MUDA TUDO op.55, é um ciclo de canções para voz e ensemble, cuja estreia ocorreu no dia 2 de junho de 2017, no Teatro-Cine de Torres Vedras, com interpretação de Maria João, Ensemble Darcos e direção musical do próprio compositor, Nuno Côrte-Real. Tem uma duração de cerca de 50 minutos (12 canções com poemas originais do escritor José Luís Peixoto) e conta com o seguinte efetivo vocal/instrumental: voz aguda (jazz), guitarra clássica/elétrica, trompete (em dó e Flugelhorn), piano, violino, viola, violoncelo, contrabaixo e percussão (vibrafone, marimba, triângulo, glockenspiel, hi-hat, steel drums, cow-bell, pratos, 4 tom-tom e bombo).

Em março de 2018, o ciclo AGORA MUDA TUDO ganhou o prémio de melhor trabalho de música erudita dos prémios SPAUTORES 2018, atribuídos pela Sociedade Portuguesa de Autores. O ciclo será brevemente gravado e editado na editora discográfica norte-americana ODRADEK RECORDS. 

A ideia original surgiu do compositor Nuno Côrte-Real para celebrar o décimo aniversário da Temporada Darcos. Para isso convidou o escritor José Luís Peixoto e a cantora Maria João, com o intuito de apresentarem um ciclo de canções originais, para voz e ensemble. Mais do que um cruzamento entre distintas áreas artísticas e estilísticas, este projeto é um encontro entre autores portugueses que, a partir da sua contemporaneidade individual contribuem para a construção de uma identidade lusófona. Buscando nos versos do escritor timbres e sonoridades modernas, mas deixando espaços para a improvisação, técnica tão característica do estilo e carácter da cantora, a nova música composta por Côrte-Real viaja por territórios tão distintos como o jazz, a música contemporânea, o tradicional e o clássico.
Com versos de grande originalidade e profundidade, o vigor vocal e improvisativo de Maria João, uma verdadeira força da natureza, e a notável interpretação do Ensemble Darcos, este projeto revela a pujança que atualmente a arte e a cultura portuguesa atravessam. Uma verdadeira celebração da portugalidade, pois, se a identidade é a nossa maior riqueza, como não fazer tudo para a manter e projetá-la no futuro?

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Bilheteira do Convento São Francisco
Horário de Funcionamento: diariamente entre as 15h00 e as 20h00
Telefone: 239 857 191
Email: bilheteira@coimbraconvento.pt

De acordo com o n.º 1, do art.º 26 do Decreto-Lei nº 32/2014 de 14 de Fevereiro, os menores de três anos só podem assistir aos espetáculos classificados "Para todos os públicos" desde que a lotação do recinto seja reduzida em 20%.

PREÇOS

 

Cadeiras de Orquestra e 1.ª Plateia

Bilhete geral: 18€

Bilhete estudantes; = 65 anos; grupos = 10 pessoas: 16€

2.ª Plateia e Balcão*

Bilhete geral: 15€

Bilhete estudantes; =/> 65 anos; grupos =/> 10 pessoas: 13€

*Balcão a disponibilizar depois de esgotada a 2.ª plateia.

Evento Anterior: 6 de setembro
Noite de Jogos de Tabuleiro
Evento Posterior: 9 de setembro
Buscapólos