Voltar para Todos os Eventos

Perhaps only as a memory — Frederico Dinis

perhaps only as a memory é uma performance de música eletrónica ambiental que procura envolver o público numa névoa de recolhimento, numa experiência meditativa e intimista, pensada para usufruir e fruir o espaço de apresentação.
A performance abre sob um manto de serenidade, revestido por texturas que gradualmente e de uma forma subtil se vão desenrolando melodicamente sem chegarem a ser dissonantes, com uma complexidade suficiente para fascinar. Prossegue seguindo padrões continuados, símbolos de uma restrição inquieta e de uma esperança resignada, que fluem e refluem, com o recurso a pequenas variações sonoras de timbres que aparentam estar deslocados. Estruturas sonoras que simulam ser rigidamente simples, sendo simultaneamente emocionais e melancolicamente sedutoras, criando-se assim uma atmosfera de ambiguidade emocional.
perhaps only as a memory procura revelar paisagens sonoras evocativas e terrenas, quer se trate de uma audição ativa ou passiva. O ouvinte passivo vai encontrar pedaços instantâneos de serenidade absoluta enquanto uma escuta mais profunda revela uma viagem cruamente retratada e muitas vezes dramática, assombrada por memórias. Uma união de êxtase e movimento em frente que relaxa e fascina de forma igual, onde melodias integradas emergem como fantasmas, apenas para anunciar a sua presença antes de se derreterem no éter.

Conceito e interpretação Frederico Dinis
Gravação, edição, som e composição Frederico Dinis
Design Júlio Ferreira
Produção Pensamento Voador - Associação para a Promoção de Ideias
Apoios Fundação GDA, Direção-Geral das Artes, Direção Regional de Cultura do Norte, Antena 2, Paço dos Duques de Bragança, Convento de Vilar de Frades, TAGV, Casa d'Artes e Ofícios, Mosteiro de Tibães, Museu da Água, Rota do Românico, Câmara Municipal do Porto
Circulação de “perhaps only as a memory” com o Apoio à Circulação de Espetáculos da Fundação GDA e com o Apoio a Projeto Procedimento Simplificado às Artes da Direção-Geral das Artes
Edição de perhaps only as a memory com o Apoio a Projeto Procedimento Simplificado às Artes da República Portuguesa-Cultura/Direção-Geral das Artes
Fotografia Jose Cruzio
Ciclo Performance, Agora!

auditório TAGV (lotação limitada)
duração aprox. 55 min
para todos os públicos

entrada gratuita

Evento Anterior: 21 de setembro
22.º FESTIVAL INT. MAGIA DE COIMBRA | GALAS
Evento Posterior: 27 de setembro
Festival Correntes de Um Só Rio