Voltar para Todos os Eventos

Concerto Para Gavetas

  • Convento São Francisco (mapa)

CONCERTO PARA GAVETAS
Concerto
Luís Antero e Pedro Martins

LOCAL Convento São Francisco
DATAS 1Julho + 23 Agosto
HORA 18h; 19h
PÚBLICO-ALVO M/6
PREÇO Geral: 4€
Famílias (2 adultos com 2 crianças até aos 12 anos ou 1 adulto com 3 crianças até aos 12 anos): 6€
Especial para menores de 12 anos e maiores de 65 anos e grupos (a partir de 10 elementos): 2€


A partir das Paisagens Sonoras da Cidade, um projeto em torno de uma instalação audiovisual que permite a exploração artística, educativa e lúdica do Arquivo Sonoro do Centro Histórico de Coimbra e do dispositivo interativo Mobiliário Sonoro 01 (MS01), desenvolvido com base numa parceria entre o Jazz ao Centro Clube e o Computational Design and Visualization Lab. do Cognitive and Media Systems Group, Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra, cria-se o Concerto para Gavetas, visando dar a conhecer a cidade de Coimbra por uma perspetiva audível: as suas paisagens sonoras.


FICHA ARTÍSTICA
Luís Antero - gravações sonoras originais das paisagens e marcos sonoros da cidade de Coimbra, composição e manipulação em tempo real do MS01, guitarra
Pedro Martins - guitarra

BIOGRAFIAS

Luís Antero é paisagista sonoro. É licenciado em Estudos Artísticos e pós graduado em Património Cultural Tradicional e Popular Português. Desenvolve, desde 2008, um trabalho de recolha e documentação do património acústico de várias zonas do território nacional, com base em gravações sonoras de campo. É curador de uma editora online - Green Field Recordings - e radialista. Artista convidado e um dos responsáveis pelas gravações do projeto Sons do Arco Ribeirinho Sul. Diretor Artístico do Arquivo Sonoro do Centro Histórico de Coimbra; do Arquivo Sons da Montanha: Arquivo Sonoro de São Martinho de Anta (a partir de Miguel Torga); do Xisto Sonoro, Arquivo Sonoro da Rede das Aldeias do Xisto, entre outros.

Pedro Martins é académico e músico. Nos últimos anos tem vindo a dedicar parte da sua investigação a áreas como a criatividade computacional, arte computacional e sonificação. Destaca-se o seu interesse pela criação de técnicas de sonificação musical, assim como o estudo de associações entre o som e elementos visuais. Como guitarrista, tem explorado sobretudo os domínios da música experimental, ambiente e improvisada.

Evento Anterior: 18 de agosto
Saga Cega - QuebraJazz